Alunos cultivam o saber e o conhecimento em Feira do Livro

 

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Turismo e Desporto promoveu, no dia 2 de agosto, a sua Feira do Livro. A preparação para este dia teve início com o Projeto de Leitura desenvolvido na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Ipiranga e na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Pequeno Mundo desde o mês de junho. Todos os alunos receberam um livro da autora Léia Cassol (do berçário da EMEI até o 7º ano da EMEF) ou do autor Uili Bergammín Oz (do 8º e do 9º ano da EMEF), que foram lidos nas escolas com acompanhamento dos professores.

 

O dia iniciou com hora cívica, que contou com a presença do prefeito, Sandro Ranieri Herrmann. Em seu discurso ele salientou a importância da leitura no processo de formação dos alunos. A secretária de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Aline Horst, também destacou a leitura e o investimento feito pela Administração Municipal ao adquirir livros.

 

Na programação diurna, específica para os alunos das duas escolas, destacaram-se as conversas e a interação com autores. “Eu comprei livros legais. Muitos livros para aprender e ensinar. A autora era muito legal, engraçada e muito querida”, diz a aluna do 2º ano A, Laura Beatriz Gaspar Wathier. Ao ser questionada sobre o livro que está trabalhando em sala de aula, ela afirma que está aprendendo a mágica mais importante, que vem dentro da bolha de sabão. Já Felipe Baltezan Madrid, do 2º ano B, sustenta que gostou da explanação da Léia Cassol. “Ela falou da feira do livro, de um monte de coisas que ela fez e também dos livros. Aprendi que livro é bom para a leitura”. Léia também interagiu com alunos maiores que leram As aventuras de Beto e Fê – O último guardião.

 

Talita Fassini Barili, professora de língua portuguesa, destacou o escritor Uili foi extremamente feliz nas palavras. Ele conversou com os alunos do 8º e do 9º ano sobre a obra Dom Quixote e também falou sobre sua história, trajetória e biografia. “Trouxe bastante coisa interessante, elementos que contribuem para a formação do cidadão. Um enfoque muito especial sobre a importância da leitura, de a gente buscar mais do que aquela leitura obrigatória, do ler pelo prazer, de encontrar na leitura uma fuga, prazer, lazer e muito aprendizado. Então, assim, foi muito bom, teve uma interação bem legal com a turma”.

 

Já na EMEI Pequeno Mundo a leitura foi feita com cada turma e, logo em seguida, desenvolvidos projetos que abordassem alguma temática apresentada em cada livro. “A vinda da autora Léia Cassol à nossa EMEI foi com certeza um momento marcante. Semanas antes nos preparamos para esse momento através de rodas de conversa, atividades pedagógicas e claro muita leitura dos contos da autora. Os livros trabalhados nas turmas do Berçário C e no Maternal B foram livros propícios para a faixa etária em que as crianças se encontram, já que ambos apresentavam uma linguagem clara, divertida e imagens bem ilustradas. Conseguimos incluir as famílias em algumas atividades realizadas, o que foi muito bacana”, explica a professora Marciane Inês Kalkmann.

 

A escola Ipiranga foi palco da programação aberta ao público durante todo o dia, que contou com exposição e comercialização de livros da Editora e Livraria Correa, feira de ciências, mostra dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos e apresentações culturais. O evento contou com a participação e visitação dos alunos da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) de Colinas.

 

A programação contou ainda com a participação do Clube Desbravadores Estrela do Vale, que visitou a feira e apreciou os trabalhos dos nossos alunos. A noite culminou com a participação do jornalista Alício Assunção, que falou sobre a sua exposição de fotos “Nos trilhos do Rio Grande” e com a apresentação do Coral Infanto-Juvenil de alunos das escolinhas de sopro, cordas e do trabalho desenvolvido nas aulas de música e de flauta das turmas do 5º ano.

 

Fotos: Angelica Pott

Portais:

                                                         webmail