Vacinação contra o sarampo e poliomielite segue até dia 31

A partir desta segunda-feira, dia 6 de agosto, até dia 31, o município de Colinas, assim como os demais do estado do Rio Grande do Sul, está realizando campanha gratuita contra a tríplice viral. O Dia D de mobilização está marcado para 18 do mesmo mês. O público-alvo são as crianças de zero a quatro anos, 11 meses e 29 dias.

 A meta mínima é de 95% da cobertura vacinal e o objetivo principal da campanha é vacinar a população-alvo, independente da situação vacinal de cada criança. O horário de atendimento da Unidade Básica de Saúde é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, sem fechar ao meio-dia. Paralelo, o público jovem e adulto também poderá aproveitar para atualizar seu cartão de vacinas, com a aplicação da tríplice viral, hepatite B, antitetânica e febre amarela.

 

Entenda

 Desde setembro de 2016, as Américas foram consideradas livres do sarampo pela Organização Mundial da Saúde (OMS), após ausência da circulação do vírus pelo período de um ano. No entanto, a Europa, por exemplo, enfrenta um surto desde o mesmo período, com 20 mil casos diagnosticados e 35 mortes notificadas. No ano seguinte foram registrados 895 casos nas Américas, todos importados de outras regiões do mundo. Até junho de 2018, os casos nas Américas aumentaram para 1992, em 11 países. No Brasil, foram confirmados 351 casos e, destes, sete foram no Rio Grande do Sul. O primeiro caso registrado em nosso estado foi de uma criança não vacinada, de um ano de idade, que viajou com a família para a Europa.

 Em relação à poliomielite, foram registrados 1.163 casos, em 12 países do globo, sendo que três deles são considerados endêmicos: Afeganistão, Nigéria e Paquistão. Nas Américas, o último caso registrado foi no Peru, em 1991. Desde 1994, a doença é considerada erradicada no Brasil, quando recebeu o Certificado de Eliminação, tendo sua última notificação em 1989. Em junho de 2018, a OMS emitiu um alerta para um caso suspeito na Venezuela, que foi descartado por exames laboratoriais.

 Foto: Angélica Pott/Arquivo

Portais:

                                                         webmail