Alunos participam de projeto de leitura e gincana cultura

De 20 de junho a 10 de julho, alunos das Séries Finais do Ensino Fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Ipiranga estiveram envolvidos em um Projeto de Leitura baseado na obra “Max e os felinos”,  do escritor Moacyr Scliar.

Inicialmente, trabalhou-se a autonomia na leitura silenciosa da obra, com apoio de dicionário para esclarecimento de dúvidas em relação ao vocabulário. Na sequência, estudantes tiveram contextualização histórica da obra em breve palestra com professor Werner Hilgemann. Em diferentes aulas, professores abordaram assuntos relativos às suas disciplinas.

A partir de 29 de junho os alunos foram divididos em equipes para participaram de uma Gincana Cultural Interdisciplinar elaborada por professores, tendo por base a biografia do autor, enredo do livro e polêmicas envolvendo o possível plágio do escritor canadense Yann Martel ao escrever “Life of Pi”.

As tarefas da gincana foram bastante diversificadas, desde as tradicionais “rapidinhas” com perguntas ou atividades realizadas na hora, bem como outras com prazo de alguns dias para fabricação, coleta ou desenvolvimento.

As equipes construíram utilizando materiais recicláveis, um escaler representando a embarcação onde o personagem do livro passa parte da história; criaram seu próprio kit de sobrevivência imaginando-se em uma situação de naufrágio; traduziram pequenos textos e cantaram canções de ninar nas línguas alemã e inglesa; declamaram poemas de autores citados na obra; trabalharam linguagem artística na releitura da capa do livro, dobraduras de origamis e dança de um tango; e buscaram cartas, fotos e moedas antigas. Além disso, tarefas da gincana envolveram a comunidade local, comerciantes, pescadores e donos de carros antigos.

Concluindo a programação, no dia 10 de julho os alunos assistiram ao filme “As aventuras de Pi”, baseado no livro do autor canadense envolvido na polêmica do plágio e puderam fazer um comparativo entre as histórias. No dia 11, as turmas receberam a classificação final dos pontos de suas equipes. A primeira colocada terá como prêmio uma sessão de cinema em data a definir.

“De maneira geral a avaliação do projeto foi bastante positiva, foco na leitura, trabalho em equipe, engajamento e mobilização da comunidade.”, afirma a diretoria, Aline Horst.

 Fotos: Divulgação

Portais:

                                                         webmail