Associação de Mulheres Colinenses inicia as atividades de 2020

 

Tiveram início na primeira semana de fevereiro as atividades de 2020 da Associação de Mulheres Colinenses (AMC). A entidade é presidida por Irene Dannebrock com a participação de representantes dos grupos de mulheres de Colinas, assessorada pela Emater/RS – ASCAR e conveniada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul.

 

“Um dos nossos desafios é fazer com que as políticas públicas - historicamente direcionadas à família ou à produção da unidade familiar, tendo o homem como interlocutor -, passem a considerar a contribuição da mulher rural como protagonista na propriedade e geradora de renda, atuar na formação e na qualificação nas atividades produtivas e, no fortalecimento da organização coletiva econômica desse público”, afirma Irene.

 

Segundo a presidente, ao potencializar ações que qualifiquem os empreendimentos das mulheres rurais, a associação está contribuindo para a emancipação e autonomia delas. “Em Colinas as mulheres rurais vêm ocupando espaço significativo nas atividades do turismo, artesanato, agroindústria, segurança e soberania alimentar e da qualificação profissional, o que têm contribuído, para a inclusão social e produtiva”, explica.

 

Foto: Divulgação

Portais:

                                                         webmail