Colinas participa do 4º Festival de Música de Teutônia  

 
 
Teutônia sediou na última semana seu 4º Festival de Música em uma promoção do Colégio Teutônia. O evento teve novamente a participação da Oficina de Música de Colinas. Na oportunidade se apresentaram junto com demais alunos oriundos de 43 municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Ao todo, 12 alunos estiverem presentes ao lado do professor de bateria Pedro Boettcher.
 
“O Festival é algo motivador. Os alunos retornam para as aulas com mais dedicação e foco, sem contar todos os outros benefícios que a música gera, como o trabalho em equipe, cooperação, autoestima e concentração”, sustenta Boettcher.
 
Amanda Kerber Oricchio tem 15 anos e é uma das alunas da oficina. O instrumento que toca é a guitarra elétrica. Estudante do 9º ano no Colégio Martin Luther, ela classifica o festival como uma oportunidade de enriquecimento. “Passamos por inúmeras experiências ao longo dos quatro dias. Trocamos conhecimentos com colegas e professores, conhecemos pessoas novas e fomos impelidos a desafiar nossa timidez.
 
A Oficina de Música existe em Colinas desde os anos 1990. Hoje, seis professores ministram as aulas. Para o prefeito Sandro Ranieri Herrmann, o momento é extremamente importante para aprimorar os conhecimento das crianças e adolescentes na música. “Estavam lá mais de 260 músicos ampliando sua aprendizagem. Um espaço de troca de informações e saberes que merece investimento por parte da Administração Municipal”, enaltece.
 
Conforme a secretária de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Aline Horst "A novidade da inclusão do canto coral no evento foi muito positiva! O canto traz os mesmos benefícios que tocar um instrumento, além de auxiliar na aprendizagem de línguas estrangeiras, na pronúncia, da dicção e no contato com a literatura. Vale o investimento!"
 
Saiba mais
 
O Festival de Música de Teutônia é um evento onde os músicos e estudantes de música têm a oportunidade de se aperfeiçoar por meio de oficinas dos mais diversos instrumentos, recitais e concertos, além de trazer uma vasta programação artística para o público em geral. Tem por objetivo propiciar aos participantes contato com o trabalho técnico-musical de renomados profissionais da música; oportunizar a vivência da música por meio de oficinas de cordas, sopros, canto, percussão e musicalização; e promover o intercâmbio e a troca de experiências, além de contribuir para o crescimento cultural da comunidade. Houve cursos de violino, violoncelo, flauta transversal, clarinete, saxofone alto, saxofone tenor, trompete, trompa, trombone, tuba, piano, guitarra, baixo elétrico, bateria, canto coral e arranjo.
 
Foto: Divulgação

Portais:

                                                         webmail