Projeto 1.000 Dias oferece aulas de “Funcional Bebê”

A partir desta semana os bebês de um a dois anos e seus papais já têm local para interação. O Projeto 1.000 passou a ofertar aulas de “Funcional Bebê”. As atividades ocorrem nas segundas-feiras, às 17h30min, na Academia de Saúde, com orientação da educadora física, Simone Knop. O primeiro encontro ocorreu nesta segunda-feira, dia 15 de abril.

 

São momentos de 30 a 45 minutos. Em cada aula será proporcionado às crianças (e seus responsáveis) uma sequência de músicas que, através da letra, ritmo, demonstrações e manejos corporais, com e sem materiais, irão desenvolver habilidades motoras fundamentais (filogenética) divididas em três tipos de habilidades: locomotivas (caminhar, pular, parar, e correr); manipulativas (alcançar, agarrar, e soltar); estabilizadoras (equilíbrio; ganhar controle da musculatura; e consciência corporal).

 

Saiba mais

 

O Projeto 1.000 Dias é oferecido pela Secretaria Municipal da Saúde desde dezembro de 2018. Segundo estudos, o desenvolvimento psicossocial do indivíduo é influenciado pelo seu desenvolvimento motor e pela educação motora ao longo da sua vida. Cada pessoa é um indivíduo peculiar com sua própria escala de tempo para o desenvolvimento. Essa escala de tempo é a combinação da hereditariedade do indivíduo e das influências ambientais.

 

“O oferecimento de atividades motoras adequadas à criança constitui-se em um dos principais fatores que contribuem para o melhor desenvolvimento das suas capacidades. Na criança, um dos principais objetivos para que consigamos um desenvolvimento em busca de saúde e equilíbrio, é despertar e enraizar o gosto pela atividade, no caso o funcional bebê, através de atividades lúdicas, prazerosas, com objetivos claros, dentro da sua capacidade psicomotora, fazendo com que ela tenha uma longa e saudável vida útil’, afirma Simone. Entre os intuitos do projeto está socializar e criar vínculos afetivos; explorar as várias formas de movimento corporal; aprender a caminhar, pular, correr, rolar, alcançar, agarrar, soltar e parar; desenvolver habilidades específicas manuais e motoras; e brincar para ser feliz.

 

Foto: Divulgação

Portais:

                                                         webmail